top of page

Oráculo da Deusa - Brígida: Significado e interpretação deste Tarot

Atualizado: 18 de mar.


carta da deusa brigida que são 3 mulheres juntas com o cabelo de fogo

A Simbologia da Carta Brígida no Oráculo da Deusa


Brígida, a Deusa da Sabedoria e da Cura

Na rica tapeçaria da mitologia celta, destaca-se a figura luminosa e venerada da deusa Brígida. Ela personifica a essência do fogo sagrado, sendo adorada como a guardiã do lar, da cura e da sabedoria. Brígida, também conhecida como Brigid, Brighid ou Bríd, é uma divindade venerada por diversas comunidades celtas, e sua presença resplandece em várias tradições e mitos.


Brígida é muitas vezes retratada como uma deusa tripla, incorporando três aspectos fundamentais de sua natureza divina: a donzela, a mãe e a anciã. Como donzela, ela personifica a juventude, a vitalidade e a inspiração criativa. Como mãe, Brígida é a protetora do lar, da família e da fertilidade. Na sua faceta de anciã, ela representa a sabedoria, a cura e a transição para a vida após a morte.


O fogo é um elemento central no culto a Brígida. Seu santuário em Kildare, na Irlanda, era guardado por sacerdotisas conhecidas como "Filhas de Brígida", que mantinham a chama perpétua acesa em honra à deusa. Esse fogo sagrado simboliza a luz da inspiração, o calor do lar e a chama da cura. A deusa é frequentemente associada à forja, onde o fogo é utilizado para moldar metais, representando a transformação e a força criativa.


A sabedoria de Brígida é reverenciada nas artes, na poesia e nas habilidades curativas. Ela é muitas vezes invocada por aqueles que buscam inspiração para a criatividade, bem como por aqueles que buscam cura física e espiritual. Brígida é também considerada a padroeira das parturientes, sendo invocada para proteger as mães durante o processo de nascimento.


carta da deusa brigida que são 3 mulheres juntas com o cabelo de fogo

A mitologia de Brígida transcende fronteiras geográficas, estendendo-se por toda a esfera celta. Ela é conhecida por diferentes nomes em várias regiões, mas sua essência como deusa da sabedoria, cura e lar permanece constante. Seu legado persiste na tradição popular, nas celebrações sazonais e nas práticas espirituais de muitas pessoas que continuam a honrar essa divindade poderosa.


Assim, a figura divina de Brígida permanece como uma fonte de inspiração, uma guia na busca pela sabedoria e uma protetora amorosa dos lares e daqueles que buscam seu auxílio. Em cada chama que dança e em cada palavra de poesia, a presença luminosa de Brígida continua a iluminar os corações daqueles que reconhecem sua importância na rica herança mitológica celta.


O Significado da Carta Brígida no Oráculo da Deusa


A carta de Brígida no Oráculo das Deusas é um convite para acessar a sabedoria, a cura e a energia criativa em sua vida. Brígida, a deusa celta venerada por suas múltiplas facetas, traz consigo mensagens profundas e inspiradoras.


No aspecto da donzela, a carta de Brígida sugere um momento de renovação e vitalidade. Pode ser um período propício para buscar novas inspirações, iniciar projetos criativos ou explorar novas experiências. Este é um momento para abraçar a juventude interior, alimentar a chama da paixão e permitir que a energia criativa flua livremente.


Quando representando o aspecto materno, Brígida indica a importância de focar no lar e na família. Pode ser um momento para nutrir relacionamentos, cultivar a harmonia doméstica e honrar a fertilidade em todas as suas formas. A deusa maternal também destaca a necessidade de autocuidado, incentivando a atenção à saúde física e emocional.


No aspecto de anciã, Brígida traz consigo a sabedoria acumulada ao longo do tempo. Esta carta sugere a busca por conhecimento, aprofundamento espiritual e a compreensão das transições na vida. Pode indicar que é hora de aprender com as experiências passadas, aceitar as mudanças inevitáveis e abraçar o processo de envelhecimento com sabedoria.


A presença do fogo sagrado de Brígida na carta destaca a importância da transformação. Esta energia de fogo simboliza a capacidade de purificar, renovar e moldar a realidade. A carta pode ser um lembrete para abraçar a mudança com coragem, deixar ir o que não serve mais e permitir que a chama da renovação queime brilhantemente.


Em resumo, a carta de Brígida no Oráculo das Deusas é uma mensagem de renovação, cura e sabedoria. Convida a pessoa a explorar sua criatividade, nutrir seus laços familiares, buscar conhecimento e abraçar as transformações em sua jornada. Essa carta é um lembrete de que, assim como a deusa celta, cada um de nós carrega em si a capacidade de brilhar com luz própria e influenciar positivamente a nossa trajetória.



Poema da Deusa Brígida


''Deixe que eu me aproxime de você

através da bruma, através do fogo, através das plantas

através das fontes profundas e abundantes

com ideias, visões, palavras,

música que penetra nos ouvidos

Deixe que eu a comova, anime, estimule

até que suas perspectivas mudem

e sua mente, corpo e espírito exploda

e você seja deixada em pé

no rastro do que foi revelado

e a vida pareça muito doce''


Sugestão de Ritual Deusa Brígida - Jornada até Brígida


Reserve um horário e um lugar em que você não seja incomodada. Sente-se ou deite-se numa posição confortável, com a coluna reta, e feche os olhos. Quando estiver pronta, inspire profundamente e expire com um bocejo, liberando tudo o que houver para liberar. Inspire outra vez profundamente e expire com um assobio. Inspire uma terceira vez e, enquanto solta o ar, visualize ou sinta uma caverna: pode ser uma caverna que você tenha visitado antes, ou uma caverna que só existe em sua imaginação. E então, inspire profundamente mais uma vez e, quando soltar o ar, fique diante da caverna. Passe os dedos pela parede. Sinta o seu cheiro. Entre.

A caverna é bem iluminada e quente por dentro, e você se vê descendo, descendo, cada vez mais fundo. A sensação de descer profundamente é muito agradável. Há uma luz no final da caverna. Você está no limiar, o ponto em que a caverna acaba e começa o Além. Agora entre no Além. Observe a luz deslumbrante do sol, o frescor do ar e a vivacidade das cores.

Brígida está à sua espera ao lado de um antigo poço de pedra. Você caminha na sua direção pisando na grama macia, esponjosa, verde-esmeralda. Ela diz que está feliz em vê-la e contente porque você chegou. Você lhe conta que está em busca de inspiração. Brígida lhe pede um presente, e você o oferece satisfeita. Então ela introduz você num círculo de fogo e acende uma chama no seu chakra dacoroa (no alto da cabeça). Você sente uma vibração e um estímulo nesse ponto. Sente sua energia fluir e expandir-se. Seu poder de visualização fica nítido e mais forte. Você se sente inspirada!

Está na hora de dizer adeus. Você agradece à Brígida. Ela lhe diz que tudo que você tem a fazer para ativar a inspiração é visualizar a chama no alto da sua cabeça. Você entra na caverna. Agora você está subindo, subindo, subindo através do conforto quente da caverna, sentindo-se relaxada, energizada, revigorada. Você sobe até chegar à entrada da caverna. Saia, respire profundamente e enquanto solta o ar suavemente, sinta que está de volta ao corpo. Faça outra inspiração profunda e, quando expirar, se estiver pronta, abra os olhos. Seja bem-vinda!


A carta Brígida no Tarot, como a maioria das cartas, tem aspectos positivos e negativos, que variam dependendo do contexto da leitura e das cartas circundantes. Aqui estão os principais aspectos positivos e negativos associados à Brígida:


Aspectos Positivos da Carta de Brígida no Jogo de Tarot:

  1. Renovação e Vitalidade: A carta de Brígida indica um momento propício para a renovação, trazendo uma onda de vitalidade e energia rejuvenescedora.

  2. Inspiração Criativa: Este é um período favorável para explorar a criatividade, iniciar novos projetos e encontrar inspiração em diversas áreas da vida.

  3. Nurturing Familiar: O aspecto materno de Brígida destaca a importância de nutrir e fortalecer os laços familiares, promovendo a harmonia e a estabilidade no ambiente doméstico.

  4. Cura Física e Emocional: A presença da deusa da cura sugere que a carta é positiva para a busca ativa de cuidados físicos e emocionais, promovendo o bem-estar geral.

  5. Sabedoria Ancestral: O aspecto de anciã traz consigo a sabedoria acumulada ao longo do tempo, indicando um período propício para aprender com experiências passadas e buscar entendimento espiritual.

  6. Adaptação à Mudança: A energia do fogo sagrado destaca a capacidade de adaptar-se às mudanças, incentivando a aceitação do fluxo natural da vida e a coragem para abraçar novos caminhos.


Aspectos Negativos da Carta de Brígida no Jogo de Tarot:

  1. Excesso de Energia: Em alguns casos, a energia intensa de Brígida pode ser esmagadora, levando a uma sensação de excesso de vitalidade que pode se tornar difícil de gerenciar.

  2. Risco de Superficialidade: A busca constante por inspiração e novas experiências pode levar a uma falta de foco e profundidade em projetos, resultando em superficialidade.

  3. Desafios nas Relações Familiares: Enquanto destaca a importância da família, a carta também pode indicar desafios ou conflitos dentro do ambiente familiar que exigem atenção e resolução.

  4. Resistência à Mudança: A energia transformadora de Brígida pode ser desafiadora para aqueles que resistem à mudança, tornando-se um aspecto negativo para quem não está disposto a deixar ir o passado.

  5. Exigência de Autocuidado: Embora promova a cura, a carta também destaca a necessidade de um autocuidado diligente, alertando para os riscos de negligenciar aspectos importantes da saúde física e emocional.

  6. Desconexão com a Sabedoria Interior: Em alguns casos, a busca excessiva por conhecimento externo pode levar à desconexão com a sabedoria interna, dificultando a aplicação prática do aprendizado.


Na complexa tapeçaria do Tarot, a carta de Brígida se destaca como uma teia de sabedoria, cura e renovação. Como uma deusa tripla, ela oferece uma jornada única, entrelaçando a donzela, a mãe e a anciã em um abraço caloroso e sábio. Ao jogar suas cartas, a presença de Brígida revela uma sinfonia de energias positivas, incitando a renovação vital e a busca inspirada pela criatividade.


Veja também o significado de cada Carta do Oráculo da Deusa:

  • Significado da carta - Afrodite: Deusa grega representando o arquétipo do amor.

  • Significado da carta - Amaterasu: Deusa japonesa do sol representando o arquétipo da beleza.

  • Significado da carta - Ártemis: Na mitologia grega, é a deusa da caça e da natureza selvagem representando o arquétipo da individualidade.

  • Significado da carta - Baba Yaga: Personagem da mitologia eslava, muitas vezes retratada como uma bruxa sábia. Representando o arquétipo da mulher selvagem.

  • Significado da carta - Bast: Deusa egípcia associada à casa, ao amor e à proteção. Representando o arquétipo brincadeira.

  • Significado da carta - Blodeuwedd: Deusa celta da primavera e da transformação. Representando o arquétipo da traição.

  • Significado da carta - Brígida: Deusa celta associada à cura, à poesia e à forja. Representando o arquétipo da inspiração.

  • Significado da carta - Cerridwen: Deusa celta da inspiração e da poção da sabedoria. Representando o arquétipo da morte e renascimento.

  • Significado da carta - Coatlicue: Deusa asteca da terra e da fertilidade. Representando o arquétipo da dor.

  • Significado da carta - Demeter: Deusa grega da agricultura e da colheita. Representando o arquétipo dos sentimentos e emoções.

  • Significado da carta - Durga: Deusa hindu da guerra justa. Representando o arquétipo dos limites.

  • Significado da carta - Eostre: Deusa germânica da primavera. Representando o arquétipo do crescimento.

  • Significado da carta - Erínias: Na mitologia grega, são deusas da vingança. Representando o arquétipo da crise.

  • Significado da carta - Esfinge: Criatura mítica grega com corpo de leão e cabeça humana. Representando o arquétipo do desafio.

  • Significado da carta - Eurínome: Deusa grega associada à criação e à dança. Representando o arquétipo do êxtase.

  • Significado da carta - Freia: Deusa nórdica do amor e da fertilidade. Representando o arquétipo da sexualidade.

  • Significado da carta - Gildéptis: Deusa indígena da fertilidade e da pesca. Representando o arquétipo da síntese.

  • Significado da carta - Hator: Deusa egípcia do amor, da beleza e da música. Representando o arquétipo do prazer.

  • Significado da carta - Hécate: Deusa grega associada à magia, à lua. Representando o arquétipo da encruzilhada.

  • Significado da carta - Héstia: Na mitologia grega, é a deusa da família. Representando o arquétipo do lar.

  • Significado da carta - Iemanjá: Deusa africana, especialmente reverenciada no candomblé, associada ao mar e à maternidade. Representando o arquétipo da entrega.

  • Significado da carta - Inanna: Deusa suméria da fertilidade, do amor e da guerra. Representando o arquétipo do abraçando a sombra.

  • Significado da carta - Isis: Deusa egípcia da maternidade, magia e proteção. Representando o arquétipo da maternidade.

  • Significado da carta - Ix Chel: Deusa maia da lua, do amor e da medicina. Representando o arquétipo da criatividade.

  • Significado da carta - Kali: Deusa hindu da destruição e renovação. Representando o arquétipo do medo.

  • Significado da carta - Kuan Yin: Deusa budista da compaixão e da misericórdia. Representando o arquétipo da compaixão.

  • Significado da carta - Lakshmi: Deusa hindu da prosperidade, riqueza e beleza. Representando o arquétipo da abundância.

  • Significado da carta - Lilith: Figura mitológica presente em várias tradições, muitas vezes associada à feminilidade selvagem e independência. Representando o arquétipo do poder.

  • Significado da carta - Maat: Deusa egípcia da verdade, justiça e ordem cósmica. Representando o arquétipo da justiça.

  • Significado da carta - Maeve: Rainha lendária da mitologia irlandesa, associada à soberania e à guerra. Representando o arquétipo da responsabilidade.

  • Significado da carta - Maya: Deusa hindu da ilusão e da criatividade cósmica. Representando o arquétipo da ilusão.

  • Significado da carta - Minerva: Na mitologia romana, é a deusa da sabedoria, das artes e da estratégia militar. Representando o arquétipo das crenças.

  • Significado da carta - Morgana, a Fada: Personagem da lenda arturiana, muitas vezes retratada como feiticeira e conselheira. Representando o arquétipo dos ritmos.

  • Significado da carta - Mulher do Milho: Figura importante nas mitologias indígenas americanas, associada à fertilidade e à colheita. Representando o arquétipo do alimento.

  • Significado da carta - Mulher Mutante: Representação simbólica da transformação e da adaptabilidade feminina. Representando o arquétipo dos ciclos.

  • Significado da carta - Nu Kua: Deusa chinesa da criação e da restauração. Representando o arquétipo da ordem.

  • Significado da carta - Nut: Deusa egípcia do céu e dos astros. Representando o arquétipo do mistério.

  • Significado da carta - Oxum: Deusa africana do rio, do amor e da fertilidade. Representando o arquétipo da sensualidade.

  • Significado da carta - Oya: Deusa iorubá do vento, tempestades e transformação. Representando o arquétipo da mudança.

  • Significado da carta - Pachamama: Deusa andina da terra e da fertilidade. Representando o arquétipo da cura e o sagrado.

  • Significado da carta - Pele: Deusa havaiana dos vulcões, associada à criação e destruição. Representando o arquétipo do despertar.

  • Significado da carta - Rhiannon: Deusa celta associada à terra, à lua e à fertilidade. Representando o arquétipo da dúvida.

  • Significado da carta - Sedna: Deusa inuit do mar, associada à pesca e à proteção dos animais marinhos. Representando o arquétipo da vítima.

  • Significado da carta - Sekhmet: Deusa egípcia da guerra, da cura e da justiça. Representando o arquétipo da raiva.

  • Significado da carta - Senhora das Feras: Deusa celta associada à proteção dos animais selvagens. Representando o arquétipo do relacionamento.

  • Significado da carta - Shakti: Na tradição hindu, é a energia cósmica feminina que impulsiona a criação. Representando o arquétipo da energia.

  • Significado da carta - Sheila Na Gig: Figura mítica celta, muitas vezes representada como uma escultura grotesca associada à fertilidade. Representando o arquétipo da abertura.

  • Significado da carta - Sofia: Na tradição gnóstica, é a personificação da sabedoria divina feminina. Representando o arquétipo da sabedoria.

  • Significado da carta - Sulis: Deusa celta associada às águas termais e à cura. Representando o arquétipo da doença e saúde.

  • Significado da carta - Tara: Deusa budista da compaixão e virtude. Representando o arquétipo da centralização.

  • Significado da carta - Uzume: Deusa japonesa da alegria, dança e humor. Representando o arquétipo do riso

  • Significado da carta - Vila: Na mitologia eslava, é uma espécie de fada ou espírito da natureza. Representando o arquétipo da mudança de forma.


A donzela, com sua vitalidade resplandecente, convida-nos a dançar com a juventude interior, a abraçar novas experiências e a permitir que a chama da paixão ilumine nosso caminho. A carta é um eco suave, lembrando-nos de que a vida é uma celebração e que a inspiração está sempre ao nosso alcance.


No papel materno de Brígida, encontramos o calor do lar e a necessidade de nutrir os laços familiares. Seu aspecto maternal acena-nos a cultivar a harmonia, a apoiar nossos entes queridos e a reconhecer a fertilidade em todas as suas formas. Em sua presença, somos guiados a um espaço de cuidado e crescimento, onde as sementes do afeto florescem.


A face anciã de Brígida nos lembra da importância da sabedoria adquirida ao longo do tempo. Seus ensinamentos incentivam-nos a aprender com o passado, a buscar conhecimento e a abraçar as transições da vida com graça. A deusa anciã é a guardiã da tradição, recordando-nos que, em cada ruga, há uma história valiosa.


No entanto, como em todas as dádivas divinas, há nuances a serem consideradas. A energia intensa de Brígida, se não gerenciada com equilíbrio, pode tornar-se esmagadora.


A busca incessante por inspiração pode nos levar a superficialidades, exigindo discernimento e foco. Os desafios nas relações familiares podem surgir, exigindo paciência e compreensão.


Mas, em última análise, a carta de Brígida é um convite para dançar com as chamas da transformação. A aceitação da mudança e a coragem de soltar o passado são as chaves para desvendar todo o potencial desta carta. Ao nos permitirmos ser guiados pela sabedoria desta deusa celta, podemos encontrar cura, renovação e um profundo entendimento de nossas próprias jornadas.


Então, que a carta de Brígida no jogo de Tarot seja recebida como uma bênção, uma luz a guiar-nos nas encruzilhadas da vida. Que possamos absorver a vitalidade da donzela, nutrir como a mãe amorosa e aprender com a anciã sábia. Que, sob as bênçãos desta deusa, possamos encontrar nosso próprio caminho, iluminado pelo fogo sagrado da sabedoria, cura e renovação.


Se gostou do nosso conteúdo, sinta-se à vontade para compartilhá-lo com seus amigos e familiares.

Se você ainda tem dúvidas ou deseja explorar ainda mais as artes divinatórias, não perca mais tempos. Faça agora uma consulta com o Oráculo da Deusa e descubra o que o futuro reserva para você. Visite nosso site e faça sua consulta.



varias cartas do oraculo da deusa





Comments


Consultores:

bottom of page