top of page

Tarot Zen Osho - A Voz Interior (A Sacerdotisa): Significado e interpretação da carta.

Atualizado: 26 de fev.


Desvendando a Carta II – A Voz Interior (A Sacerdotisa):

A Linguagem Inarticulada do Coração


Aspectos e Iconografia da Voz Interior (A Sacerdotisa)


A carta Voz Interior (A Sacerdotisa) do tarot zen Osho é repleta de simbolismos e elementos que nos convidam a mergulhar em nossa própria essência. No centro da carta, encontramos um rosto desperto e vigilante, capaz de aceitar tanto a escuridão quanto a luz, representando a harmonia entre as dualidades da vida. Em suas mãos, a figura segura um cristal que representa a luminosidade que advém de se ter superado todas as dualidades. Esse cristal é um símbolo da clareza de espírito que pode ser alcançada ao silenciar a mente e ouvir a nossa voz interior.


Além disso, a carta traz a presença de dois golfinhos dançando nas águas da vida, simbolizando a alegria e a brincadeira que podem ser encontradas quando somos guiados pela nossa intuição e nos permitimos ser conduzidos pela correnteza da vida. A figura ainda usa um quimono com folhas verdes, representando a conexão com a terra e a natureza, e uma coroa em forma de lua crescente, simbolizando a sabedoria e o poder feminino.



Todos esses elementos se unem para nos lembrar da importância de nos conectarmos com nossa voz interior e de ouvirmos a sabedoria que vem de dentro de nós mesmos. A carta nos convida a confiar em nossa intuição e a nos permitir viver a vida de acordo com nossos próprios valores e desejos mais profundos. Ao seguir a voz interior, somos capazes de encontrar a clareza e a paz de espírito que tanto buscamos em nossa jornada.




Significado da Voz Interior (A Sacerdotisa)

A carta A Voz Interior (A Sacerdotisa) do Tarot Zen Osho representa a importância de ouvir a nossa intuição e a nossa voz interior, em um mundo que muitas vezes nos distrai com ruídos e interferências externas. A figura central da carta, com seus olhos despertos e vigilantes, segurando um cristal que representa a clareza e a luminosidade que vêm de superar as dualidades, simboliza a necessidade de nos conectarmos com a nossa essência mais profunda para acessar a nossa sabedoria interior.

Os golfinhos que dançam nas águas representam a brincadeira e a alegria que podem surgir quando nos permitimos mergulhar em nossas emoções mais profundas. A coroa em forma de lua crescente e as folhas verdes no quimono da figura simbolizam a conexão com o universo e a terra, enfatizando a importância de estarmos em harmonia com o mundo ao nosso redor.

Em resumo, a carta a Voz Interior (A Sacerdotisa) nos convida a encontrar o silêncio e a centração dentro de nós mesmos, a fim de ouvirmos a nossa verdade e seguir o caminho que realmente nos leva à realização pessoal e espiritual.

Seus aspectos emocionais

A carta II do Tarot, intitulada "A Voz Interior", é um convite para olharmos para dentro de nós mesmos e nos conectarmos com nossa verdadeira essência. Essa carta sugere que, ao ouvirmos a nossa voz interior, podemos encontrar clareza, sabedoria e direção para nossas vidas.

No entanto, o processo de conectar-se com a voz interior pode ser desafiador para muitas pessoas. Isso ocorre porque vivemos em um mundo repleto de distrações e estímulos externos, que muitas vezes nos afastam de nossa verdade interior.

É aqui que a meditação pode ser uma técnica valiosa para nos ajudar a encontrar a nossa voz interior. A meditação é uma prática que nos ajuda a acalmar nossa mente e nos conectar com o momento presente. Quando meditamos regularmente, somos capazes de acessar um estado de consciência mais elevado, onde podemos ouvir claramente nossa voz interior.

Além disso, a meditação pode ser um processo curativo para nossas emoções. Ao meditar, podemos aprender a observar nossos pensamentos e sentimentos sem julgamento, o que pode nos ajudar a desenvolver uma maior compreensão e aceitação de nós mesmos. Isso pode ser particularmente útil para aqueles que lutam com emoções negativas, como ansiedade ou depressão.

Ao encontrar a nossa voz interior através da meditação, podemos experimentar uma sensação de paz, clareza e propósito em nossas vidas. Como a carta II sugere, quando encontramos nossa verdade interior, não precisamos procurar mais nada nesta existência. A meditação pode nos ajudar a alcançar esse estado de realização interna, permitindo-nos viver nossas vidas com mais autenticidade e significado.

Tarefa a ser cumprida

Essa carta traz consigo uma tarefa central: Manter conexão com sua sabedoria interior. A Sacerdotisa representa a energia feminina da intuição, do conhecimento oculto e da introspecção. Ela nos convida a confiar em nossa intuição e a nos conectar com nossa sabedoria interior para encontrar respostas e soluções para nossos desafios.

Após encontrar nossa voz interior, a tarefa da Sacerdotisa é nos lembrar da importância de continuar ouvindo essa voz e agindo de acordo com ela. Ela nos convida a confiar em nossa intuição e em nosso conhecimento interior para tomar decisões e seguir adiante em nossas jornadas.

Além disso, a voz interior também nos lembra da importância da introspecção e do autoconhecimento contínuo. Ela nos convida a buscar o silêncio interior, a meditação e outras práticas que nos ajudem a manter a conexão com nossa sabedoria interior e a nos conhecermos mais profundamente.



Seu risco

Embora seja importante encontrar e ouvir nossa voz interior, o risco de focar exclusivamente nessa busca é desmerecer a experiência que estamos vivendo e abusar de uma postura inativa, meditativa. É essencial buscar um equilíbrio entre seguir nossa intuição e considerar a razão.

Ao nos concentrarmos exclusivamente na busca de nossa voz interior, podemos nos tornar muito introspectivos e perder a conexão com o mundo ao nosso redor. Podemos começar a ignorar as necessidades práticas da vida e negligenciar as responsabilidades do mundo material.

Além disso, se nos tornarmos excessivamente dependentes de nossa intuição, podemos perder a capacidade de tomar decisões racionais e lógicas. É importante lembrar que a intuição é uma ferramenta valiosa, mas não deve ser usada como única fonte de orientação em nossas vidas.

Assim, é importante buscar um equilíbrio entre seguir nossa intuição e considerar a razão. Devemos honrar nossa sabedoria interior, mas também reconhecer a importância da lógica e do planejamento em nossas vidas.

Devemos estar abertos a novas experiências e desafios, buscando aprender com as lições que a vida nos oferece. Podemos encontrar um equilíbrio saudável entre seguir nossa intuição e considerar a razão, lembrando que esses dois aspectos de nossa natureza podem se complementar e ajudar a nos guiar na vida de forma mais completa e equilibrada.


Veja também o significado de cada Carta dos Arcanos Maiores do Tarot Zen Osho:
























Resumo:


A carta II A Voz Interior (A Sacerdotisa) do Tarot Zen Osho representa a energia feminina da intuição, da introspecção e do conhecimento oculto. Ela convida a confiar em nossa sabedoria interior e a buscar a conexão com nossa intuição para encontrar respostas e soluções para nossos desafios.

A carta nos lembra da importância de nos conectarmos com nossa voz interior e de ouvir sua orientação. Ela nos encoraja a buscar o autoconhecimento e a introspecção para encontrar respostas em nosso interior.

No entanto, é importante lembrar que devemos buscar um equilíbrio entre seguir nossa intuição e considerar a razão. Não devemos negligenciar a realidade prática da vida e as responsabilidades materiais.

Em resumo, a carta II A Voz Interior (A Sacerdotisa) do Tarot Zen Osho nos convida a confiar em nossa intuição, buscar a conexão com nossa sabedoria interior e buscar um equilíbrio saudável entre seguir nossa intuição e considerar a razão em nossa jornada de vida.


Se você ainda tem dúvidas ou deseja explorar ainda mais as artes divinatórias, não perca mais tempo procurando respostas. Faça agora sua consulta com o Tarot Zen Osho online e descubra o que o futuro reserva para você. Acesse nosso site e faça uma consulta.


banner tarot zen osho

Comments


Consultores:

bottom of page